Escorpião de Prata

Equipe responsável HQBR

Editora Desconhecida

Status: Concluído

Visualizações: 2,7 mil
Cover Criação de Eloyr Pacheco Antonio Brasiliano do Espírito Santo Filho, ou simplesmente Toni, para os mais chegados, atua na cidade de Nova Luz como Escorpião de Prata. Sua empreitada teve início quando ele e sua mãe encontraram no sótão de sua casa o diário de sua avó materna e um colar com um escorpião. O diário narra a história de seu avô, famoso ladrão de bancos preso pelo Sideralman em 1958. Depois de fugir da prisão, para salvar sua esposa, ele acaba morto nas mãos de outros bandidos. Convencido de que seu avô foi injustiçado e que ele merece ser reconhecido como herói, decide limpar o seu nome. Toni “reinventa” o chicote elétrico que seu avô usava, coloca o colar e passa a patrulhar as ruas da cidade na ânsia de fazer o bem. Escorpião de Prata estreou na revista Sideralman, publicada em julho de 2007, pelo selo Edições Subterrâneo com arte de Will e capa de Chicuta. O Herói Capoeirista teve aventuras publicadas na revista Tempestade Cerebral, editada por Alex Mir, edições #3, 4 e 5 e na Projeto Continuum #9. Em janeiro de 2011, o Escorpião de Prata ganhou uma edição especial onde encontra-se com Penitência, de Marcos Franco e Lagarto Negro, de Gabriel Rocha. Essa edição teve desenhos de Carlos Nascimento, Carlus Alexandre, Moacir Muniz, Edson Clark, Zezo Bauer, Airton Marcelino, Bruno Moura e Diego Sales. A capa é do ilustrador Osnei Furtado da Rocha (Roko). Escorpião de Prata - Aventura + Humor, lançada em 2012, traz duas histórias: "Dia de Visita", escrita e ilustrada por Edvanio Pontes e "Doce Veneno", roteirizada por Eloyr Pacheco e Ricardo Zanin e ilustrada por Edson Novaes (Edson Clark), Glauber Matos e pelo próprio Zanin. A edição tem texto de apresentação de Laudo Ferreira Junior e galeria com artes de Will, Everton Veras, Samuel Bono e Adriano Sapão, além de um texto sobre o personagem escrito pelo professor e pesquisador Marcio Roberto do Prado. A arte da capa é de André Coelho (Miss Marvel, Besouro Azul, The Flash) – falecido em 2014 –, com cores de André Bacchi. Recentemente, Escorpião de Prata encontrou-se com o Crânio, personagem criado por Francinildo Sena, na revista Crânio #4, publicada pela Universo Editora. O roteiro ficou por conta de Eloyr Pacheco e Francinildo Sena e a arte é assinada por Zezo Bauer, com retículas de Gustavo Zanin. A edição tem duas capas, a 1ª assinada por Rudimar Patrocínio e a 4ª capa por Ton Marx. Fora essas edições, o Escorpião de Prata também foi publicado no fanzine Deu Nisso?! No formato digital, o leitor pode encontrar no ISSUU as edições “Escorpião de Prata encontra Raio Esmeralda”, de Danilo Dias e Hugo Nanni (capa de Mauricio Sagui e cores de André Bacchi); “Escorpião de Prata encontra Ultrax”, de Eloyr Pacheco e E.C. Nickel; “Escorpião de Prata encontra Exú – Legado”, de Eloyr Pacheco, Lancelott, Ataíde Braz e Marco Santiago, e “Escorpião de Prata encontra Tatu-Man”, de Eloyr Pacheco e Bira Dantas. No ISSU também pode ser encontrada a edição especial “Escorpião de Prata Fanarts”, editado por Lancelott, com mais de 100 artes do Herói Capoeirista feitas por desenhistas de todo o Brasil.




Capítulo: Adicionado em: Enviado Por:
Capítulo #1 Aug 11, 2015 Robson
Voltar
comments powered by Disqus